Oi, marmotinha!

Nesses últimos dias saíram muitos boatos falando da Marmotex, do Rapiddo, Ifood e etc. Até alguns amigos ligaram assustados e tals, mas tô aqui pra contar o que aconteceu.

Era uma vez…
No final de 2017, fizemos uma parceria junto com a Movile/Rapiddo que durou até o final de 2018. 1 ano de muitos aprendizados e montanha russa de sentimentos.

Bom, a maioria das marmoteenhas sabem que nessa parceria com o app Rapiddo (que é da Movile, dona do Ifood), vendíamos as nossas marmôs por lá, mas, quem sempre produziu, atendeu, entregou, errou, acertou…em fim…quem fez a bagaça toda foi a gente.

Aí no fim do ano passado, encerramos essa parceria com eles, porque não estava fluindo mais como a gente gostaria. Principalmente por questões de cultura, financeira e estratégica. Na verdade eles sempre quiseram esconder nossa marca (não sei o motivo), não queriam que a gente crescesse e no final queriam que a gente virasse ifood.

Com o fim dessa parceria, lançamos no começo dessa semana nosso próprio plano de assinatura chamado MarmôClub. O único que é da Marmotex.

Então, se chegou até você qualquer outro assunto, pode desencanar. A Marmotex continua aqui, alimentando milhares de esfomeados todos os dias. Não fomos comprados.

E se você quiser continuar comendo nossas marmôs, recebendo das mãos dos nossos marmolokos, conversando com o Osmar, a Rosimar e o menino Neymar e fazendo parte da família Mota, acesse esse link pra garantir o nosso VERDADEIRO plano, o MARMÔCLUB: https://fome.marmotex.com/marmoclub

São 20 refeições por R$16,00 cada ou 10 refeições por R$18,00 cada.

Contamos com a sua ajuda pra espalhar essa boa e VERDADEIRA notícia ❤️.

Amamos vocês, de coração! ❤️ Marmôbeijos e vamos sempre fazer nosso melhor!
#AComidaNosUne #Saifood #letitgo 🙏🏻🍱

Pra terminar, a minha música pra vocês que reflete muito nosso momento, principalmente o meu!

E…
“Dá pra viver, mesmo depois de descobrir que o mundo ficou mal
É só não permitir que a maldade do mundo te pareça normal
Pra não perder a magia de acreditar na felicidade real
E entender que ela mora no caminho e não no final

É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado dói bem menos que um coração partido
Era uma vez…”

Pii Chun 😉

Leave a Response