Quem já ficou sonolento após o almoço levanta a mão aí? Hummm, acho que todo mundo, né?!rs. Mas, dormir após o almoço pode? É normal? Não precisa se preocupar, segundo o especialista em sono Maurício Bagnato, a sesta não é coisa de preguiçoso, mas sim, uma necessidade fisiológica.

“Se sentir um pouco cansado depois de comer uma refeição é perfeitamente normal”, afirmou também Robbie Clark, nutricionista esportiva. “Existem algumas razões pelas quais experimentamos uma sonolência pós-almoço, mas o principal motivo é devido ao processo digestivo”.

Nosso corpo requer energia para funcionar e sobreviver. Nós recebemos essa energia de nossa comida, que é quebrada através do processo digestivo e convertida em combustível ou glicose e, em seguida, macronutrientes fornecem calorias (ou energia) para nossos corpos, explicou Clark.

Mesmo com todo esse embasamento profissional, a maioria das empresas ainda não aderiram a sesta. Talvez por uma espécie de pré-conceito ou ainda por não acreditarem no quão importante são esses 30 minutinhos de sono após o almoço.

Muitos podem não acreditar, mas a sesta melhora a atenção e até a performance no trabalho. Mas claro que esse cochilo não pode se estender. Se isso acontecer, provavelmente, você teve algum problema na noite de sono anterior ou na sua alimentação.

Se na sua empresa, a sesta não é levada a sério, vou te dar algumas dicas pra que o sono não bata tão forte a ponto de você quase dormir na frente de computador. Combinado? (rsrs!). Acorda aí e continua lendo!hehehe

1. Para não dormir após o almoço: tome café da manhã

O café da manhã é muito importante, tanto para o corpo como para a mente. Ele pode ajudar a diminuir o cansaço ao longo do dia. Se você pula essa refeição, pode chegar no almoço morrendo de fome, e como consequência, fazer escolhas não tão boas ou comer mais do que seu corpo precisa.

2. Faça pequenas refeições durante o dia

Essa dica talvez não seja novidade pra você. Prefira fazer pequenas refeições ao longo dia ao invés de poucas e grandes, porque para essas últimas, precisamos de mais energia para realizar a digestão.

3. Para não dormir após o almoço: faça exercícios

A atividade física melhora o fluxo sanguíneo, fornecendo oxigênio e nutrientes para o tecido muscular e naturalmente aumentando a energia. Faça pequenas trocas no seu trabalho como: pegue as escadas ao invés do elevador ou ande em torno do seu prédio. Muitas vezes, apenas ficar longe da sua mesa já pode te energizar. Lembre-se: não dar uma pausa durante o almoço pode aumentar a fadiga e a improdutividade.

4. Não pule o almoço

Eu sei que o dia no trabalho é pura correria, mas não deixe, de maneira nenhuma, o almoço de lado. Ele é muito importante para te manter cheio de energia para realizar as tarefas no restante do dia. Se o tempo está escasso, você pode pedir uma marmô e ganhar muitos minutos do seu horário de almoço para finalizar o que é importante pra você. Acesse o site e confira as inúmeras opções que a Marmotex tem. E ah! Você pode agendar suas refeições da semana inteira, também. Clique na imagem abaixo para acessar.

Dormir após o almoço

5. Consulte um médico

Sei que essa última dica vai parecer comercial de remédio de TV (“se os sintomas persistirem o médico deverá ser consultado” rsrs!). Mas o duro é que é verdade. Se você continuar muito cansado ao longo do dia, deve procurar um médico. Pode ser falta de alguma vitamina, algum nutriente que o seu corpo está precisando.

Além das dicas de como se manter com energia após o almoço, confira também 5 dicas de como comer de maneira saudável no trabalho, é só clicar aqui!

Fonte: Huffingtonpost RD

Leave a Response