Please assign a menu to the primary menu location under menu

Uma coisa é fato, uma boa equipe depende de um bom líder. Afinal, é ele quem irá direcionar as ações da equipe e desenvolvê-la para que cada indivíduo entregue sempre o seu melhor. Hoje trago uma forma de aprimorar essa relação líder-equipe: os indicadores de desempenho. Se você não os conhece, está tudo bem porque vou explicar. Se já sabe o que são, apenas não os confunda com sua melhor amiga, as metas. Hoje não vou falar dos objetivos finais, mas sim de quem vai te ajudar a alcançá-los.

Se você ainda não usa indicadores de desempenho para avaliar a produtividade da sua equipe, então chegou a hora. Esse artigo foi criado justamente para abordar a importância da utilização dos indicadores de desempenho e como eles podem contribuir no processo de desenvolvimento da equipe.

O que são indicadores de desempenho?

Quais são os indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho (ou KPIs – Key Performance Indicator) são ferramentas de gestão que permitem analisar os resultados dos processos da empresa. Eles permitem uma interpretação diferente dos números que você vê todo dia, logo, fazem um direcionamento dos resultados. Com eles, se torna possível saber se as metas foram alcançadas, se o emprego dos recursos empresariais foi eficaz ou quais falhas ocorreram em cada etapa de um projeto. 

Basicamente, por meio dos indicadores que todos os funcionários conhecem e tornam-se envolvidos na missão da corporação. Com isso é possível alinhar os esforços em torno das estratégias estabelecidas por seus superiores.

Fica difícil explicar exatamente como cada líder irá utilizar os indicadores, pois eles podem ser aplicados de forma diferente dependendo da área em que o líder atua. Por exemplo, se o líder controla uma rede de cursinho universitário, então um dos indicadores pode avaliar a porcentagem de alunos aprovados. Agora se ele gerencia um restaurante, então os indicadores podem avaliar a taxa de retorno dos clientes.

Não importa o segmento, sempre tem algum número que pode virar um gráfico. A partir desse gráfico surgem as análises para que o desempenho da equipe seja avaliado e melhorado.

O fardo do bom líder

Um bom líder tem metas

Um líder deve apresentar bons resultados. No entanto, ele não os conquista sozinho, não é mesmo? A equipe tem grande mérito nos resultados que o líder apresenta para a empresa. Por isso, insisto em te dizer para se preocupar com o desempenho da equipe. Afinal, esse é um importante passo para você construir estratégias mais eficientes.

É a partir do processo de avaliação dos indicadores e resultados que você consegue alinhar o que sua equipe deve fazer em seguida. À medida que os esforços de uma equipe são alinhados e direcionados, então, o líder ruma ao alcance efetivo dos objetivos da empresa.

Eu disse ali no tópico anterior que os indicadores de desempenho podem mudar de acordo com o segmento da empresa ou o departamento que o líder atua. Portanto, é importante saber o que é necessário fazer para que esses indicadores tenham uma contribuição significativa no controle da empresa. Afinal, números e relatórios podem ser facilmente descartados se não forem úteis.

Vê se concorda comigo. Não tem como avaliar se estou seguindo a dieta se nem sei qual o objetivo que quero com uma dieta, certo? Se quero emagrecer, então tenho que me alimentar de uma maneira. Mas se quero ganhar peso, então minha alimentação tem que ser de outra maneira.

No mundo empresarial a lógica é a mesma. Para que você consiga utilizar bem os indicadores de desempenho, antes é necessário avaliar onde você quer chegar. Em vista disso, é preciso levar a sério o planejamento estratégico e ter objetivos claros na hora da definição das metas que devem ser alcançadas.Ebook Liderançaindicadores de desempenho

Como usar os indicadores para aumentar a produtividade

Somente após a estruturação dos objetivos é que o líder vai conseguir estipular as tarefas da sua equipe. A partir daí a elaboração e a gestão dos indicadores de desempenho podem ser direcionadas para o monitoramento da equipe.

Monitoramento? Sim. Mas não estou falando nada de espionagem.

Monitorar a equipe através dos indicadores vai permitir que o líder acompanhe a evolução dos resultados. Dessa forma, esses indicadores servem como referência para o processo de tomada de decisão e a criação de estratégias de melhoria.

Partindo do pressuposto de que não é possível gerenciar algo que não é medido, as métricas de suporte são fundamentais para uma boa gestão. Mas não pense que esses benefícios todos beneficiam apenas o líder. Além de identificar os pontos de melhoria e auxiliar no momento de tomada de decisão, a análise dos indicadores também interfere no aumento da produtividade da equipe.

Quer saber como os indicadores de desempenho auxiliam na produtividade da equipe? Eu te mostro.

1. Prioridades e direção do foco de trabalho

Ao trabalhar com vários projetos a equipe pode se ver afogada por um montante de tarefas e metas. Neste limbo de prazos a equipe pode perder sua produtividade. Porém, os indicadores podem analisar, por exemplo, quais projetos estão mais avançados que os demais. Assim, é possível que o líder escolha dar foco nesse projeto a fim de terminá-lo e “riscar” mais um item da lista de afazeres – um fardo a menos para pesar no ombro da equipe.

Esse tipo de direcionamento é possível porque, sabendo o que precisa ser melhorado ou finalizado, é possível direcionar os esforços da equipe para essa questão. Logo, não se perde tempo com o que não é, naquele momento, tão importante.

2. Maior eficácia

À título de conhecimento, anote: eficiência seria o ato de “fazer certo as coisas”, enquanto que a eficácia consiste em “fazer as coisas certas”. Portanto, o eficiente é fazer bem feito. Um trabalho feito com eficiência, mas sem eficácia para a conclusão de determinado plano, passa a ser inútil, pois não agregará nada de substancial, por mais bem feito que tenha sido executado.

Um exemplo clássico que ajuda a visualizar a diferença entre a eficiência e a eficácia: um homem que cava um poço com perfeição, então realiza um trabalho com eficiência. Já um homem que sabe o local correto para cavar o poço e achar água, executa um trabalho com eficácia.

Assim, através do acompanhamento dos indicadores, é possível garantir a eficiência de todo o setor a curto prazo. Isso significa que a equipe fez as tarefas corretamente. Mas ao analisar os indicadores e passar os resultados à sua equipe você pode desenvolvê-los. Assim, da próxima vez, eles podem realizar as tarefas com eficácia.

Todos queremos fazer uma coisa bem feita. Mas infelizmente não adianta fazer um relatório maravilhoso se ele não pode ser útil para a empresa. Saber se desenvolver e entregar um trabalho cada vez mais eficaz, alinhado aos objetivos da empresa pode ser possível com o auxílio dos indicadores de desempenho.

3. Impulsionamento dos resultados da empresa

O principal motivo de uso dos indicadores de desempenho é o impulsionamento dos resultados. Quando você sabe que pode fazer mais e ir além, então busca encontrar quais as falhas do processo para aperfeiçoar e continuar produzindo.

Os indicadores guiam todo o processo e ajudam na transmissão da cultura organizacional aos colaboradores que ocupam cargos menos estratégicos. Isso porque possibilitam o gerenciamento do desempenho dos colaboradores. Dessa forma, são de grande auxílio para impulsionar os resultados da empresa.

COMO SER UM BOM LÍDER: 10 FILMES QUE TODO LÍDER DEVE ASSISTIR

Não são só números!

Os indicadores não são somente números, eles indicam resultados, sejam eles bons ou ruins.

Não adianta ter um monte de indicadores se eles não fazem sentido para o propósito maior da empresa. Tampouco adianta ter um monte de indicadores se eles não forem devidamente acompanhados. Portanto, na hora de escolher quais métricas implementar, pense estrategicamente.

Para saber qual indicador escolher, pense no que você está avaliando e qual o objetivo que quer alcançar. Um bom indicador de desempenho possui as seguintes características:

– É relevante para o negócio;  

– É fácil de ser mensurado;

– É facilmente compreendido por todos os colaboradores;

– É útil na tomada de decisões;

– É adaptável conforme os objetivos em questão;

Para definir quais são os melhores indicadores para sua área, entenda o que vai realmente fazer a diferença na estratégia da sua organização. Ou até mesmo pergunte aos membros da sua equipe quais informações e métricas poderiam auxiliá-los a melhorar seu desempenho.

Os números podem te dar mais informações do que você imagina. Mas é preciso lembrar que desenvolver uma boa gestão organizacional também está relacionado ao oferecimento de condições ideias para que os funcionários se desenvolvam continuamente. Isso só pode ser feito quando há uma preocupação em mensurar resultados e o progresso de cada colaborador.

E não adianta nada apenas mensurar os dados! O gestor também precisa ficar atento em como manter as pessoas motivadas e engajadas com suas atividades, buscando sempre formas inovadoras de incentivar o desenvolvimento pessoal.

Para uma boa reunião de resultados

Na hora de apresentar os indicadores de desempenho, que tal aliviar a tensão com uma reunião diferente? Inove e estimule sua equipe com reuniões no horário do almoço! Cada um pode pedir o que quiser, sem stress com uma preparação elaborada, e você, aproveite para discutir as metas e definir prazos. Afinal, quer melhor estímulo do que comida? Então clique na imagem abaixo e conheça os serviços de Meeting!

Reuniões de negócio

Leave a Response